A
  • Representante Comercial

Alex F.

Curitiba (PR)
2seguidores8seguindo
Entrar em contato

Comentários

(142)
A
Alex F.
Comentário · há 4 meses
Respondendo o Lauro e a Cristina:

O culpado aqui é o gerente que assediava a funcionária. Ele é preposto da empresa para prática de atos relacionados ao trabalho, se a conduta dele é imprópria e a empresa não tem como saber ela não pode ser responsabilizada. Neste exemplo, os diretores da empresa estavam preocupados com esse tipo de situação, tanto é que disponibilizaram um canal direto para denúncias, que não foi utilizado.

"Ah mas ela estava com medo de represálias" - Essa desculpa serve pra tudo! É sempre assim, o funcionário é um coitadinho que não pode nem reclamar. Temos que parar de tratar o empregado como incapaz. Se existe um problema como esse no ambiente de trabalho o empregado DEVE comunicar os diretores, caso não seja tomada nenhuma atitude procurar a justiça. Parem de ficar passando a mão na cabeça do empregado.

A justiça não deve ser o primeiro canal para reclamações, deve ser o último. É claro que a empresa deve ser responsabilizada se não tomar uma atitude, mas alguém tem que saber da situação, como condenar a empresa se ela sequer sabia do que acontecia.

Esse gerente deve sim responder na esfera criminar, e a empresa deveria responder na esfera trabalhista apenas se soubesse do comportamento e não tivesse tomado nenhuma atitude.

As pessoas ficam inventando desculpas para justificar suas ações. Se uma mulher sofre assédio no trabalho ela deve denunciar, se não for resolvido ou se sofre represálias, deve procurar a justiça, é bem simples a ordem correta para as coisas funcionarem.

A Cristina citou um caso de uma procuradora, bem, ela deveria ter denunciado o assédio e procurado outro emprego antes de ficar doente, as pessoas não estão presas nos seus trabalhos para sempre, se existe um problema desse tipo tente resolver pelos meios apropriados e se não for possível procure outra atividade.

Recomendações

(50)
Isa Bel, Advogado
Isa Bel
Comentário · há 6 meses
Ah, Thiago, o mundo real é esse, onde uma CLT atrasada faz com que fique muito difícil micro e pequenos empresários expandirem, ou sequer sobreviverem, chegando a 80% a taxa dessas empresas que fecham em cinco anos. Pq? Pq pagam 1 salário para o funcionário e 1 salário e meio para um Estado guloso, inchado e ineficiente, q quer obrigar o empregador a ficar com um empregado meia boca ou q não necessita, pq ele ganha 1 salário e meio do salário desse empregado. Essa CLT meia boca e políticas intrometidas de governos socialistas levaram o Brasil para o buraco. Ou flexibilizam e ensinam o brasileiro q ele ganha quando trabalha e ganha pela produtividade, ou haverão cada vez menos empregos. Isso é matemática irrefutável: os empregadores que começarem a ter prejuízos com as exigências do Estado de que sejam pais dos empregados, falirão, ou fecharão as empresas e levarão seus capitais para lugares mais amigáveis. Acha q a loggi precisa do Brasil, q ela não tem chances de fechar e empreender em outros lugares mais lucrativos? Claro q tem. Os micro e pequenos empresários brasileiros não. Esses quebram e vão parar nas filas de emprego junto com os ex-empregados q perdem seus postos e os mais de tantos millhões q já perderam empregos há tempos. Se uma pessoa é maior de idade, civilmente capaz, ela deve ter liberdade de decidir se aceita determinada proposta ou não. A intromissão do Estado só faz com que grandes empresas deixem o país. A intervenção estatal só aumenta o desemprego. Fiquem com os direitos todinhos pq não terão onde exercê-los. Empresário não é papai de funcionário. Empresário te paga para q vc trabalhe. Se vc produz, vc recebe. Se não produz, não tem pq receber.

Perfis que segue

(8)
Carregando

Seguidores

(2)
Carregando

Tópicos de interesse

(9)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros perfis como Alex

Carregando

Alex F.

Entrar em contato